NOTÍCIAS

NELSON TEICH DEIXA O MINISTÉRIO DA SAÚDE

Menos de um mês após assumir como Ministro da Saúde, o médico e empresário Nelson Teich deixou o cargo nesta sexta-feira. Teich, que sucedeu ao sul-mato-grossense Henrique Mandetta, em suas poucas aparições públicas demonstrava claramente certo desconforto na posição que ocupava. Arredio ao contato com imprensa e com parlamentares, não conseguiu sequer imprimir um ritmo de trabalho na pasta que ocupou.

Através de uma nota à imprensa, o Ministério da Saúde informava que ele teria pedido demissão, mas informações de bastidores que circularam na manhã davam conta que ele fora demitido pelo presidente Jair Bolsonaro. A principal razão para a demissão seria o fato que ele não concordava com o uso da cloroquina como principal método de tratamento na luta contra o Covid-19.

A reação foi imediata. Nas redes sociais, parlamentares, membros de entidades classistas, líderes religiosos e até o ex-titular da saúde Henrique Mandetta se manifestaram, lamentando que em plena pandemia o governo não consiga acertar seus passos no setor.

É mais um dificultador em um momento difícil no combate à disseminação do vírus. Até ontem (14) os números do Ministério indicavam 13.993 mortes.

Um dos cotados para assumir a pasta da saúde é o General de Divisão Eduardo Pasuello, atualmente o número 2 no ministério.

 12 total views,  1 views today

Comentário