Poemas

Ser barragarcense

Capa do livro O Escritor e suas Obras

Ser barragarcense nato,
Não é ter nascido de fato,
Nas plagas deste chão;
É vir empinar "arraia",
Nas praias do Araguaia;
Sentir por Barra paixão.

Ser barragarcense, patrão,
É plantar-se neste chão,
Ter sido também garimpeiro;
Ter visto a cidade crescer,
Seus filhos, nela nascer,
Ter sido também pioneiro,

Ser barragarcense é adotar
É aqui vir trabalhar,
Ajudando engrandecer;
Este torrão brasileiro,
Tão rico e hospitaleiro,
Que abraça quem lhe vê.

Ser barragarcense com orgulho
Não é fazer barulho,
Querendo ser bom de bico;
É andar com justa razão,
Ao próximo estender a mão
E não fazer mexerico.

Ser barragarcense de outrora
Não é ter vindo agora,
Depois da cidade crescida;
É ter garimpado na praia.
Na beira do Araguaia,
Fazendo sua comida.

Ser barragarcense brejeiro
É viver de garimpeiro,
Nas grupiaras ou manchão;
Viver aquela vida dura,
Sem nunca ter visto fartura,
Andando de "gongo" e calção.

Ser barragarcense de fato,
Não é fazer "baco-baco”,
beirando casa de rico,
É ser bom trabalhador,
P'ra não dever favor
Quando lhe derem um grito.

Ser barragarcense, meu amigo,
Não é viver de mendigo,
No tal do " me dá, me dá",
É usar a terra com orgulho,
Evitar de andar "duro",
P'ra não dar o que falar.

Ser barragarcense " bacana",
É andar com muita grana,
Nos bancos se endividar;
Plantar arroz e feijão,
Ter o crédito na mão,
Com vida de invejar.

Ser barragarcense verdadeiro,
Não é ter muito dinheiro,
Fazendo ostentação;
É viver humildemente,
Trabalhando alegre e contente,
Quando tem um bom patrão.

Ser barragarcense, seu moço,
É morar neste colosso,
Não andar de "léu em léu";
Conviver ordeiro e amigo,
Construir o seu abrigo,
Neste pedacinho do céu.

Ser barragarcense temido,
Não é aqui ter nascido,
E da terra se envergonhar;
É tornar-se uma fera,
Quando alguém falar dela
Querendo depreciar.

Ser barragarcense brejeiro,
Por afeto e adoção,
É ser barragarcense de amor,
Que conquistou afeição.

Ser barragarcense grato,
É ter por Barra paixão,
Não é somente bairrista,
É barrista de coração.

 


Barra do Garças

Mirante do Cristo Redentor no alto da Serra Azul

M. Honória Varjão – (pseudônimo de Valdon Varjão)

Os garimpeiros audazes
À procura de tesouro
Descobriram o teu ouro,
Na corrida para o oeste;
De toda parte chegaram
E aqui se associaram
Nesta labuta agreste.

Quem te viu, já te conhece,
Não és só de diamantes,
Mas de pecuária constante
Te levando além fronteiras;
Os rios que aqui se abraçam
Te deram o nome e a graça
De cidade brasileira.

Barra do Garças celeira,
Sou sua filha bem sei,
Sempre em ti acreditei,
Amarei sempre tua bandeira;
Defendo-a  c'orgulho e fé,
E uma sendo uma mulher
Quero te ver sempre ordeira.

Tuas ruas são como sorrisos.
Teu progresso é teu sustento,
Vivendo sem sofrimento 
Teu povo é ordeiro e feliz;
Teu nome é u'a mensagem.
De amor, de paz e coragem
De ti ninguém  maldiz.

Tens filhos são importantes,
 De ti defensores constantes,
Contra quaisquer agressores 
 Teu progresso é gigante;
 São forasteiros e chegantes, 
E em ti se acoplando bendiz
Sua labuta constante.

Na  luta do dia-a-dia...
São crianças estudando,
Comércio e povo ajudando
 Tudo p'ra te enaltecer;
Gosto de ser positiva,
Sendo tua filha cativa
Quero contigo crescer.

Tuas serras, teu horizonte
Com paisagens sem igual
"Águas Quentes" ao natural
Por Deus foste agraciada;
Tens praias, matas e encantos
A quem procura recantos
De lazer, pesca ou balada.

A lenda da “Pedra Arraya"
Não deve viver apagada
Precisa ser divulgada
A quem aqui vem viver;
É uma história fascinante
Do livro de diamantes
Que ainda estamos por ver.

Barragarcistas e bairristas.
Eu te peço como oração
Neste remanso de terra;
Não haverá um torrão igual
Para amar e lutar
Na paz ou na guerra.

 


No aconchego da Barra

Mirante do Cristo Redentor no alto da Serra Azul

Se apegue firmemente
No aconchego da "Barra"
Na hospitalidade da gente,
Que ela recebe e "agarra".
A cidade é um encanto,
Com gente de todo canto
De coração para amar.
Tem alegria, tem vida,
Tem beleza incontida.
Tem tudo o que desejar.
Há na "Barra" uma luz
Que iluminando seduz
Que espelha refletindo amar,
Não há comparação imitável
A Barra é hospitaleira e agradável
Na terra não tem nada igual.


Barra do Garças, Minha Terra

Barra do Garças hospitaleira,Terra de "Simião Arraya",
Rutilante e ensolarada, mas que a seca não flagela.
Abrigo lembrado de retirante deportados.
Rios e montes embelezam tua aquarela.

Quando o Araguaia em avalanche se espraia,
Naquela fúria diluviana e rara,
Quantos sonhos de garimpeiros enamorando a "traia".
Quantas vidas que às vezes nos ceifara!...

Minha Barra: expressão sublimada de cidade brasileira,
Beleza de seus filhos, canção de louvor,
Quanta bonança na " época garimpeira",
Quanta ilusão perdida, com pranto e dor...

O bravo,castigado e forte, irmão do Norte,
Em súplicas a ti, devotava esperanças mil,
Rasgava teu solo, lutando pela sorte,
Sucumbia moribundo vendo-te altaneira e varonil.
.
 


Abraço dos Rios Araguaia e Garças: Encontro das Águas

Malba Thania

Encontro dos Rios Araguaia e Garças.

Como é belo ver o Encontro das Águas.
Uma clara... meiga e mansa... outra agitada.
No conóide um coração q'em forma vaga,
Vislumbrando a alegria do presente,
Rememorando as tristezas passadas.

Elas se abraçam para viver até o fim...
Vezes avançam... vezes recuam sem cessar...
Unificando, formam espumas, qual marfim,
Nos abraços, mil afetos sem pecar.

Como as águas, se'svai meu mundo de emoção,
Morrem os dias... que na vida vi passar...
Da mocidade à velhice... mil ilusões...

Araguaia e Garças ao se'ntrelaçar
Assemelham-se a muitos corações
Que na ânsia de se unir, esquecem de se amar.



 


 Anterior Página 2 de 5 Próximo
Desenvolvido por: Araguaia Networks
Of late one can find replicas of all famous Tag Heuer watches and these replica watches uk are crafted so carefully that one just cannot make out any difference between them and the replica watches sale. One has to give credit to the persons who are manufacturing these watches because the quality of these replica watches sale. It is extremely tough to distinguish between them and the original ones. In fact there are many persons who do know about replica watches uk and they too have not been able to tell if the watch is a Tag Heuer replica or a true one. Back in the good old days, people did not bother too much about the rolex replica they used to wear. Things have changed a lot and the new replica watches sale wants to show off their watches.